A Mensagem da Mulher do Ano

Sternie Wolf, 44, foi recentemente nomeada a Mulher do Ano da Saxônia, o quarto maior estado da Alemanha, pelo maior jornal do país. Ela nasceu em Israel, e é uma emissária de Chabad na cidade de Hanover. Há cerca de dois anos, o seu marido, o Rabino Binyamin, morreu inesperadamente de uma bactéria no sangue.

Ela continua a sua missão, com as suas sete crianças em casa, e sua filha e genro também se juntaram recentemente. Ela dirige uma casa Chabad ativa e vibrante, e se tornou uma figura significativa para judeus e não-judeus.

Quando conversei com ela ontem, ela me contou sobre a mensagem que é importante para ela transmitir nas entrevistas após ter sido escolhida:

“Esta semana lemos na Torá a Parashat Vaiakhel, que descreve a construção do Mishkan (Tabernáculo), o centro espiritual que acompanhou o povo em sua jornada no deserto. A Torá elogia o trabalho dos filhos de Israel durante a construção, e em particular a ação ágil das mulheres. No deserto elas se mostraram criativas, e aproveitaram seus talentas para costurar e tecer o que viriam a se tornar as paredes do Tabernáculo.

O Lubavitcher Rebe tira disso uma conclusão para nossa geração: nossos talentos não nos foram dados apenas para o nosso desenvolvimento pessoal, mas os recebemos para usá-los para o bem, para fazer do mundo um ‘tabernáculo’, para acrescentar a ele luz e santidade. Ele enfatiza que esta mensagem é válida para todos, mas especialmente para as mulheres, e especialmente em nossa geração. “Esta é minha missão na Alemanha, e estou feliz por receber um título tão respeitável, mas usar nossas habilidades especiais para tornar o mundo uma residência do bem – essa é a missão de cada um de nós.”

Junte-se ao grupo da Nota Diária no WhatsApp através do link:

Visitas totais 113 , Visitas hoje 2 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *