Alguns pensamentos de Emanuel Moreno 

165 azkarot (cerimônias de lembrança aos falecidos) de civis e soldados foram realizadas nesses dias, no 15º aniversário da Segunda Guerra do Líbano. Hoje será realizada a última – para marcar o dia da queda do tenente-coronel Emanuel Moreno, oficial da Sayeret Matkal, a unidade de forças especiais de elite de Israel, participou de missões secretas tão delicadas que a publicação de sua foto está proibida até hoje. Mas podemos publicar alguns de seus pensamentos importantes. Adiante trazemos vários deles, que sua viúva Maya Ohana-Moreno me enviou anteriormente com seus próprios comentários explicativos:

“Tudo o que não te leva para a frente, automaticamente te leva para trás”. Essas palavras guiaram Emanuel em tudo o que ele fez, seja no serviço militar, no estudo da Torá, na sua profissão e, acima de tudo, no constante aprimoramento e refinamento de seus traços de caráter.

“Deus está constantemente criando para nós ferramentas, para que possamos influenciar positivamente”. Tudo o que acontece conosco na vida acontece para nos tornar melhores, para aumentar nossa influência positiva e para realizarmos mais.

“Um tzadik (justo) cairá sete vezes, mas se levantará a cada vez (Provérbios 24:16) – O desafio para nossa geração não é ‘não cair’, mas saber que quando você cair, você se levantará.” A palavra “desespero” não estava no vocabulário de Emanuel. Cada queda é um trampolim para uma ascensão.

“Não se considere a última bolacha do pacote” (NT. tradução livre, naturalmente). Não se coloque no centro das coisas, não pense que a história é toda sobre você. Existem coisas maiores do que você. Não permita que suas dificuldades pessoais o deixem desesperado porque as missões que estão diante de você têm precedência sobre sua vida pessoal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *