Shops

Muitos perguntaram, segue a resposta. Sim, ainda dá para adquirir o terreno e cumprir a mitzva de shemita

 

Existem 2 mitzvót durante a vigência da shemitá.

A primeira é a mitzvá de “Tishmetena (deixe a em paz) unetashata (abandone-a) ” a qual são ordenados aqueles que possuem terras no sétimo ano. 

Estes donos de terras abandonam suas colheitas no campo na véspera do sétimo ano.
A segunda mitzvá de “Veshavta haarets  Shabat LaHashem (e descansará a terra um Shabat para Hashem).

Cumpre-se ela deixando de fazer todos os trabalhos no campo sendo observada em todos os momentos no decorrer do ano de shemitá.

Portanto, mesmo aqueles que não compraram antes de Rosh Hashaná ainda têm a oportunidade de aderir ao projeto e comprar agora uma unidade de terra e observar a mitzvá de “e a terra descansará” a cada segundo e segundo até terminar o ano atual de Shemitá de 5782.

 

Não deixe para depois, pois agora já entramos no ano de shemitá, cada dia que passa não volta mais…

 

O pagamento e a compra podem ser feitos diretamente nos links abaixo, lembramos para quem quer parcelar no cartão, para fazer no site em inglês, pois no português permite pagar apenas em uma parcela.

 

lembrando que R. Shie Pasternak, R. Michoel Lascovsky e R. Ari Fridman falaram que pode deduzir do maasser

Qualquer dúvida estou à disposição no WhatsApp: + 97250-9943599 ou no e-mail [email protected] 

Voce tem Arbaat Haminim em sucot?

Semana que vem isso já vai ocorrer e depois disso você necessitará aguardar mais sete anos até a próxima oportunidade.!!

Mais uma semana até a véspera de Rosh Hashaná há a oportunidade rara para cada judeu em Israel ou na diáspora em cumprir esta mitzvá tão rara da Shemitá.

Esta mitzvá obriga a cada dono de terras em abrir suas plantações (fazer Hefker) para todos que quiserem entrar e colher; Isso baseado no versículo “וְהַשְּׁבִיעִת תִּשְׁמְטֶנָּה וּנְטַשְׁתָּהּ” (e “e o sétimo (ano suas terras) serão abandonados e largadas”)

Com isso o dono merecerá a benção “וְצִוִּיתִי אֶת בִּרְכָתִי” (e ordenarei Minha benção).

Agora estamos nos últimos dias que possibilitam o cumprimento desta mitzvá. Não há justificativas que isso seja difícil ou impossível hoje em dia. Qualquer pessoa em qualquer parte do globo terrestre apenas apertando um botão ou com um breve telefonema consegue cumprir esta rara mitzvá.

 

Há apenas alguns anos atrás, apenas os agricultores podiam cumprir esta mitzvá tão querida.

E se já cumprimos esta rara mitsvá, vamos observá-la da maneira mais adequada, conforme todas as opiniões.

A gleba é registrada com titularidade real no Tabo (cartório) acompanhada por um advogado que aprova todos os documentos em todos os aspectos legais.

Com o acompanhamento haláchico do Beit Hadin (tribunal Rabínico), chefiado pelo Grande Gaon, Rabino Shmuel Eliezer Stern Shlita

O mandamento de shemitá com supervisão haláchica completa.

 Para que todos possam cumprir a mitzvá com Hidur (embelezamento) total, o Rabino Shmuel Eliezer Stern Shlita Rabino do setor Ocidental de Bnei Brak supervisiona todo o processo com imenso escrutínio em todos os detalhes.

Na redação das escrituras de propriedade e na definição completa das tarefas e dos emissários para realizar a aquisição para os participantes,

Além de conduzir a cerimônia de compra com a participação do advogado

Bem como toda a questão de orientações no campo para o agricultor que cuida em nome da ‘Associação Shemitá’ e as orientações sobre o que é permitido e o que não é permitido

Por quanto tempo é permitido regar e quando for a hora de evitar a irrigação do solo.

E, evidentemente, a supervisão durante o ano da shemitá para que ninguém trabalhe no campo e, assim, os participantes cumpram a mitzvá da shemitá com supervisão haláchica.

Uma historia emocionante

Semana passada fui com meu filho Itzik de 12 anos visitar o terreno onde estão todos os lotes do projeto Shemitá.

Sabia que lá estaria o Rabino Shmuel Eliezer Stern do Beit Din do Rav Wozner e queria pedir uma brachá para meu filho.

Chegando lá, meu filho foi junto com o Rav Simcha Margaliot, fundador do projeto, acompanhar o Rav Shmuel Eliezer Stern para ver o campo, e tudo que está sendo feito.

Enquanto os rabinos e meu filho estavam no campo, eu aguardei dentro do carro.

Quando voltaram me perguntaram se eu também queria uma brachá. Lógico que eu estava esperando esta oportunidade e assim também fui abençoada.

Quando o Rav Stern e seu séquito foram embora, sai do carro para agradecer o Rav Simcha Margaliot pela oportunidade.

Então ele me perguntou.

– Voce já viu o seu terreno?

– Eu não vi especificamente. Vi toda a terra de modo geral

– Voce tem o número da sua terra com você?

– Tenho

Então o agricultor responsável disse que ainda não havia colocado todas as placas, mas que poderia mostrar mais ou menos onde ficava localizado.

O agricultor estava de boné e não havia nenhum outro sinal que indicasse se era cumpridor de mitsvot ou não, e eu disse ao homem o grande mérito que ele tinha em estar participando deste projeto. Que a beracha dele vem direto de Hashem, sem shlichim, diretamente, a bracha escrita na Tora que Hashem nos promete. Falei que no ano de shemitá quero voltar ao terreno e receber uma bracha dele.

Aí o Rav Margaliot disse que o Rav Shmuel Eliezer Stern também falou do grande mérito que este agricultor tem e então ele revelou que ele era o dono de todos aqueles alqueires e que tinha muitas terras somando 50 dunam.!!! Ele se empolgou e se emocionou tanto com a santidade e importância da mitzvá de shemitá, que resolveu por iniciativa própria cuidar da mitzvá de shemitá em todos os 50 dunam dele.

Para nosso projeto ele vendeu apenas 6 dunam dos 50 dunam que ele tem!!

Vejam só o zechut (mérito) que esse agricultor tem.

E todos nós que nos engajamos neste projeto além de estarmos participando da mitzvá,  sem saber atraímos o agricultor a cuidar da santidade da terra de Eretz Israel conforme a Torá nos ordena.

Isto que chamamos de mitzvá goreret mitzvá. Uma mitzvá atrai e traz outra mitzvá.

Felizardos somos ao ganharmos esta mitzvá que também possibilita  incentivar que outros também façam e cuidem da kedushá (santidade) de Eretz Israel.

Em anexo algumas fotos dos rabanim, do agricultor e do meu filho.
O Rav Shmuel Eliezer Stern fez questão de ligar a irrigação do campo de maneira a incrementar o crescimento das plantas no sexto ano.

Ktiva Vachatima Tova

Sandrinha

Entrevista (hebraico)

Vídeos em Português

Rav Yossef Bracha

Shaarei Bina Yerushalaim

Existe santidade em uma fruta?

Seguem os links para informações e compras em diversos idiomas

Site em português  www.shviit.co/72 ​

​אתר בעברית  www.shviit.co.il/72   

Website in English  www.shviit.com/72   

site en France  www.shviit.fr/72 

 

Alguma duvida? Preencha o formulário abaixo

A apostila em hebraico
Mekorot e halachot

A apostila em hebraico
como participar, como funciona e outros

Apostila antiga de como participar

Clique aqui para abrir a apostila

Voce tem Arbaat Haminim em sucot?

Você sabia que nas gerações passadas as pessoas não tinham cada um seu set de Arbaat Haminim em Sucot?

Os Rashei Kehilot, rabinos das comunidades, eram aqueles que tinham um set e através dele seus alunos faziam a brachá.

Hoje em dia Baruch Hashem estamos em uma geração que quase toda família (e mais ainda) cada homem da família (seja maior ou menor que bar mitzvá) já tem seu próprio set.

Arbaat Haminim em Sucot é uma mitzvá muito especial.

Você sabia que antigamente as pessoas em Eretz Israel moravam em casas térreas e tinham suas árvores e plantações próprias, assim podendo a cada 7 anos cumprir a importante mitzvá de shemitá?

Hoje em dia quase todos moram em apartamentos ou em casas sem lugar para plantar e fazer de suas terras “hefker” cumprindo a mitzvá de shemitá.

Fora de Israel nem se fala, nem tinha como cumprir esta mitzvá.

Baruch Hashem hoje em dia cada yehudi já tem esta possibilidade ao seu alcance!

A Aguda Shemitá propõe para nós um serviço para adquirir um pedaço de terra agrícola em Eretz Israel, o qual será trabalhado e plantado agora no sexto ano, tornando-o Hefker no sétimo ano.

Antes do ano de Shemitá que começa este Rosh Hashaná, as terras compradas são mapeadas, são registradas no Tabo em Israel, ou seja, temos serviço agrícola do sexto ano, temos advogado para passar a propriedade para o nosso nome, temos todo serviço para cumprir esta mitzvá para quem está tanto fora como dentro de Eretz Israel.

A mitzvá de shemitá e uma segulá. Consta que pelo mérito dela recebemos “A bracha para riqueza, abundância e bênçãos gerais na vida! ”. Vayikra, 25:21     וציוויתי את ברכתי

Para saber mais detalhes desta grande mitzvá entrem no site www.shviit.co/72

Os nomes estão em ordem alfabéticas

Brasil – S.P.

Alberto Roitman

Aldo Hakim

Alexandre Korich

Allan Candelli

Alon Hamoui

Andre Kriger

Ari Sobel

Ariel Grabarz

Ariel Khafif

Bella Azrak

Beni Storch

Bernardo Azar

Beto Azrak

Carlito Dayan

Clara Dayan

Dani Zalcberg

Daniel Abadi

Daniel Horovitz

Daniel Sassoon

David Azrak

David Cobeni

David Kattan

Debora Horovitz

Dudi Klein 

Eddy Levi

Eduardo Safdie

Elico Shakruka

Eliezer Bleich

Elimelech (Edu) Katz

Esther Dayan

Esther Horovitz

Eva Zellerkraut

Ezra Chammah

Ezra Nasser

Fabio Knoploch

Fabio Koren

Familia Dayan

Gabriel Gedanken

Gabriel Ades

Joseph Nigri

Henri Hara

Hilel Nasser

Igor Rascovsky

Julie Azrak

Ilan Szapiro Ben Avram 

Isaac Azrak

Israel Zajac

Izzy Politi

Izy Shalev

Jacky Hallack

Jacques Piccioto

Jaques Sutton

Jairo Shnaider

Joseph Dayan

Joseph Horovitz

Joseph Safdie

Karina Hazan

Koby Shalev Shasho

Luiz Kignel

Luciano Neuman

Marcelo Ankier

Marcelo Azar

Marcelo Chalom

Marcel Hazan

Marco de Piccioto

Melany Magid

Melina Serrulha

Michel Harari

Morris Khafif

Moti Weinberger

Ovadia Horn

Patricia Horovitz

Peggy Pasternak

Rachel Safdie Kattan

Rafael Rabinovitsch

Renata Faintuch

Renato Dryzun

Roberto Esses

Roberto Petresco

Rony Dayan

Rony Eskinazy

R. Furmanovitch

Sergio Goldstein

Silvia Fuks Chouveke

Solly Khafif

Sony Dayan

Stella Bande

Steve Kahn 

Suzy Perl Nasser

Toufic Kattan

Yonathan Furmanovitch

Vicky Dayan

Vico Nasser

Yoni Stern

Rabanim no Brasil

R. Ari Fridman

R. Dany Roitman

R. Itche Pasternak

R. Menachem Fuchs

R. Moshe Fried

R. Moshiko Frenkel – Grupo Elo Beyachad & INNA WORK™

R. Raphael Shammah

R. Rav Sany Sonnenreich

R. Shie Pasternak

R. Shlomo Laniado

R. Shlomo Rubin

R. Shlomo Safra

R. Shlomo Serrulha

R. Yossef Sasoun

Brasil - outras cidades

Arie Kummer – R.J.

Vitor Tenenbaum – DF

Yaakov Serruya – Belem

Israel – Yerushalaim

Ariela Laniado Guedanien 

Assaf Birenboim (Haia Guberfain)

R. Baruch Wiluzanski

R. Eliahu Shammah

Elie Waitzberg

Eliahu Cohen

Ezy Safra

Fabio Menache

Meir Diamandi

Moshe Piccioto

Moshe Stamberger (Tali Stern)

Rachel Catran

Sandrinha Magid

Yehuda File (Aline Nigri)

Yossi Rosenberg

Israel outras cidades

Alberto Edelman – Modiin

Alon Nussbacher – Raanana

Eva Diamandi – Petach Tikva

Rivka Frida Esses ben Amotz- Raanana

Hersch Reichman – Bnei Brak

R. Eliahu Shammah – Raanana

Efrahim Ophir Kuperszmidt – Raanana

Samy Roizman – Modiin

Shimon Sister – Petach Tikva

Silvia Scemes – Tsfat

Outros países

Andre Roitman – USA

Benny Gamerman – USA

Chezky Salamon – UK

Daniel Kahane – USA

Dudi Friedlander – USA

Ester Rosenberg – Mexico

Henry Ourfali (Ilana Azrak) – PA

Marcelo Chalom – USA

Meir Iczkovits (Esty Landau) – Suiça

Michel Elkis – USA

Raphael Michaan – Panama

R. Gabi Michanie – Argentina

R. Yossi Yankovits – USA

Shloime Chammah – USA

Simon Primost (Leah Rachel) – UK

Yossef Menaged – USA

Cartas dos rabinos brasileiros

Comentarios

Sandrinha

 יישר כח enorme em promover está enorme MITZVA -מצוה de שמיטה – SHMITA entre AM ISRAEL e לזכות proporcionar a oportunidade de pessoas poderem cumpri-la de maneira real, prática e eficiente, de verdade.

Segundo חז״ל – nossos SÁBIOS a galut é infelizmente consequência do não cumprimento desta MITZVA BÁSICA DE FÉ (EMUNA!) em HASHEM E A GUEULA) גאולה depende de nós todos corrigirmos os enganos do passado e passarmos a cumpri-la בהידור ממש da melhor forma possível.

Que tenhamos o mérito de aproximar a vinda do MASIACH EM BREVE JÁ EM NOSSOS DIAS!

De novo um enorme YSHAR KOACH E BEHATZLACHA!

Abi Friedler