Nosso gesto em elev...
 
Notifications
Clear all

Nosso gesto em elevação da alma dos falecidos na tragédia de Meron


By Sandrinha
(@shoshana)
Membro Admin
Entrou: 10 meses atrás
Posts: 6
Topic starter  

Muitos grupos foram criados com intensão de fortificar nossas mitsvot para elevacao da alma dos 45 mortos na grande tragédia.

 Abaixo segue uma lista que foi feita nos dias da shivá, mas abrimos aqui a lista para que ate o shloshim muito mais pessoas possam dar de si para um mundo melhor em memoria estes 45 tsadikim.

 Repassem para todos, mandem suas decisões para incentivar mais um yehudi e colocaremos aqui.

Envie para o e-mails shoshana5772@gmail.com

 

Olá pessoal,                                                                                                                                                  
A decisão é o primeiro passo para sairmos de nossa zona de conforto  e trilharmos para aquilo que de fato é significativo para nossa alma. (nossa essência)
Com relação as decisões temos neste momento 4 possibilidades a seguir:
1 – Não decidir absolutamente nada. O mundo sentirá muito a sua falta.
2 – Decidir algo de forma anônima e colocar em prática. Não precisa entrar no grupo e nem postar sua decisão. Você está de Parabéns por querer um novo rumo para sua vida!
3 – Enviar para o administrador deste grupo sua decisão e ele irá postar para você. Ótima motivação!
4 – Você mesmo postar sua decisão no grupo, assim você não só estará fortalecendo esta nova decisão que você tomou como também estará influenciando a todos deste grupo a nos tornarmos pessoas melhores. Você é uma pessoa Inspiradora.
E agora qual destas possibilidades você irá escolher para sua vida?
E se não agora, quando?

   Alexandre Diament -R.J. -  Raanana

 

Decisões Atualizadas: Anotem suas decisões em post it ou em blocos de notas de papel em lugares visíveis, de forma que vocês possam sempre lembrar e ter sucesso na realização da decisão.

122 - Bernard Caster – Raanana - Elogiar mais as pessoas.

121 - Arie Kahn – Raanana - Parar um pouco mais e refletir sobre cada palavra do Mode Ani, dando valor a cada dia de nossa vida.

120 - Sergio Braustein – Raanana - Fazer o bircat hamazon lendo no sidur para me concentrar mais.

119 – Rosa – Israel - Ajudar as pessoas necessitadas - Aumentar nas tefilot e bênçãos diárias e com mais cavaná (concentração)

118 – Jefferson Caster- Raanana - Me dedicar mais em ajudar as pessoas.

117 – Marcos Mizrahi – Raanana - Divulgar e acrescentar na bircat hamazon o harachaman le medinat Israel e harachaman le chayalim.

116 – Moshe Dana - Agradecido por esta oportunidade de rever nossas ações, e que devemos saber que nós estamos falando com Hashem a través dos nossos atos. Inspirado no depoimento da mãe de um jovem bachur que faleceu tristemente neste dia.…. Eu tive a mesma sensação quando cheguei em aliá, de como estamos divididos e que com quanta facilidade olhamos e até falamos mal de outro Yehudi. - Por isso, quero assumir minhas faltas e os hábitos errados que tenho adquirido, e melhorar em ahavat Israel, e na aceitação e o respeito autêntico por cada irmão. Que podamos demostrar a Hashem que queremos nos melhorar como pessoas e como Yehudim e assim ter o mérito de ver a gueulá em nossos dias. Amén.

115 - Sandra Babaioff - Rio de Janeiro - Refletir antes de responder algo, evitar interromper quando uma pessoa está falando comigo. - Estudar Torah com meus netos. - Trabalhar a midá da paciência. - Logo que acabar de comer proferir a brachá hacharona para evitar de esquecer. - Me esforçar para tentar falar antes de dormir a Brachá HARENI MOCHEL (perdoar a todo aquele que me magoou...)
114 - Sérgio Benchimol - Rio de Janeiro - שוויתי ה' לנגדי תמיד (Visualizar sempre Hashem perante mim)

113 - Paula Russo - Rio de Janeiro - Ter confiança em Deus. A confiança inabalável em todos os instantes de minha vida. Ter sempre a certeza de que se mil cair a minha direita e dez mil a minha esquerda eu estarei segura. - Ter a certeza de que tudo que acontece é para o bem de todos.

112 - Magda Gutman - Haifa - A me amar um pouco mais, e amar ainda mais ao meu próximo. - Ser ainda mais grata por tudo, porque mesmo já sendo verdadeiramente grata, quero ser ainda mais. - Não me entristecer quando alguém sem querer me falar algo que machuca, sempre me lembrar que não foi intencional. - Me concentrar mais ainda na minha tefilá diária.

111 - Rose Bromberg - Raanana - Me esforçar para ler alguns salmos por dia e melhorar ainda mais a mitsvá de honrar os pais.

110 - Sandra Plosk - Rio de Janeiro - julgar positivamente o próximo. - Prestar mais atenção na educação dos filhos. - Honrar mais os pais e sogro.

109 - Sharon Abadi – Raanana - Quando alguém faz algo que eu não gosto, vou me esforçar para falar algo de POSITIVO sobre essa pessoa.

108 - Miriam Sanger - Raanana. - Dar maior ênfase à prática de ayin tova (olhar positivo). - Determinar datas fixas para tsedaká.

107 - Roberto Gornstein – Raanana - Estudar semanalmente Torá com meu filho

106 - David Sayeg – Raanana - Terminar de estudar o Pirkei Avot, mesmo que seja um pouco depois de Shavuot, sem bli neder. Temos que cumprir o que nos comprometemos.

105 - Vitória Feferman Sayeg - Raanana - Me comprometo a doar tsedaká a uma pessoa carente.

104 – Tathiana Wencik - Raanana - Aperfeiçoar julgar o próximo sempre para o bem

103 - Carla Niski – Raanana - Bli neder, dar mais atenção a minha família, respeitar e cuidar do shalom bait da minha casa. - Bli neder tentar entender que existem opiniões diferentes as minha, respeitá-las e não julgar.

102 - Albert Sihman – Raanana - Bli neder melhorar a Mitsvá de Honrar os pais. - Bli neder fazer os preparativos para Shabat com mais alegria e tranquilidade.

101 - Jairo Lichewitz – Raanana - Julgar menos as pessoas e aumentar a concentração nas tefilot.

100 – David – São Paulo - Rezar

99 – Yom Tov Azulay - Rio de Janeiro - Aumentar o estudo de torá

98 - Hannah Guerchon – Curitiba - Me comprometo de melhorar todas as Mitsvot que já faço e principalmente procurar melhorar a qualidade de meus pensamentos, usando o aprendizado dos shiurim de Tanya e também de melhorar a qualidade minhas Tefilot fazendo com mais calma e cavaná.

97 - Luciene Sihman - Raanana - A decisão de todos me inspirou muito a pensar na minha. Tem tantas coisas sempre para melhorar. Refleti bastante e vou começar por ser menos crítica comigo e com os outros e melhorar a minha cavaná nas tefilot.

96 – Daniela Nehmad - Israel - Gentileza gera gentileza (não importa se conhece a pessoa)
- Fazer alguém sorrir

95 - Norma Cohen – Kfar Saba - Procurar julgar o outro para o bem

94 – Marcia Eliza Schwartz – Rio de Janeiro - Eu tenho me dedicado a ajudar a minha ex sogra, hoje mesmo levei ao médico e depois de volta para a casa. Faço com muito carinho. Assumi esse compromisso.

93 - Daniel Czapnik – Rio de Janeiro - Julgar favoravelmente o próximo. “Afinal Hashem nos julga pela mesma moeda”. E nossos pensamentos tem uma força gigante!

92 - Gladis Wilner - Raanana - Minha decisão é dar mais atenção para as minhas filhas e poder fazer o bem ao próximo.

91 – Sonia Gueventer – Rio de Janeiro - Quando uma determinada situação me incomodar, respirar fundo e não reagir impulsivamente.

90 - Alexandre Gomberg – Raanana - Aumentar ajuda de Tsedaká - Não falar Lashon Hará - Aumentar cavaná (concentração) nas rezas

89 - Sarinha Treiger - Rio de Janeiro - Fazer Shemá Israel antes de dormir.

88 - Vanda Solewicz – Jerusalém - Ter mais Kavaná (concentração) na leitura da Amidá.

87 – Henrique Solewicz - Jerusalém - Ter mais Cavaná (intenção) na brachá de Asher Yatsar.

86 - Marcelo Rejwan - Beer Sheva - Fazer Kadish para o meu pai Baruch Rejwan que acabou de falecer durante 11 meses.

85 – Shlomo Politis – Jerusalém - לפעול בקבלת כל אדם בחיבה ובסבר פנים יפות (Receber qualquer pessoa com dedicação e carinho e com um sorriso no rosto)

84 – Paula Balassiano - Modiin - Doação para pessoas famintas no Brasil.

83 - Suely Zeitoune Treiger - Rio de Janeiro - Acender as velas de Shabat de 5 a 10 min antes do horário e não em cima do laço. E intensificar meu comportamento com o próximo sempre procurando dar o melhor de mim. (Julgar favoravelmente o próximo)

82 – Lea Politis – Nova York - Continuar com a minha tradição de completar o Sefer Tehilim todo Shabat; Pedir Refua Shlema para os que precisam, Bessorot Tovot a todos. - Tentar se distanciar, na medida do possível, do materialismo para melhor entender as pessoas e julga-las igualmente e ajudá-las. - Absorver mais e mais as palavras de David Hamelech que diz a vida é como um sonho que rápido se vai, mas Hashem é eterno. Hashem é eterno e único e perante a Ele todos somos iguais.

81 - Victor Acher - Rio de Janeiro - Kavaná na Tefilá Beezrat Hashem (concentração na reza) e fazer pedidos de acordo com o que as pessoas precisam Beezrat Hashem.

80 – Samy Magid – Raanana - Estudar Massechet Mishnaiot Sanhedrin para elevação da alma dos 45 tzadikim.

79 - Ricardo Sasson – Raanana - Bli neder, julgar menos as pessoas.

78 - Raquel Politis - New York - Ajudar o próximo e fazer mais caridade e estar feliz com aquilo que a vida te proporcionou.

77 – Michel Danciger – Rio de Janeiro - Evitar reclamar

76 – Alegria Trojman Amselem – São Paulo - Bli neder, acender as velas de Shabat. - Estudar torá. - Ir na sinagoga todos os dias. - Bli Neder falar Shabat shalom / Shabes.

75 – Rav Yossi Azulay - Ra’anana - Dedicar mais tempo com a família e na educação dos filhos.

74 - Alessandro Strauss - Ra'anana - Continuar e aumentar o hábito de leitura de tehilim para Refua shlema.

73 – Rav Eliahu Bortman – Raanana - Estar focado no que estiver fazendo, e tentar fazer da melhor forma possível

72 – Wajchman – Israel -Tomar muito cuidado em não ferir o próximo não com atos e nem com palavras.

71 – Michal Haber - Jerusalém - Um capítulo de tehilim todo dia, bli Neder.

70 - Roberto Rosenberg – Raanana - A partir de 1/06/21 - Aumentar meu Maasser (dízimo) para que nunca seja menor de 15% ou 20%, sempre analisando para os mais necessitados e Rabanim ou escolas/ Yeshivot que necessitem também para ajudar o próximo, seguindo sempre as regras ditadas pelo Shulchan Aruch.

69 – Marcelo Papelbaum – Ra’anana - Ter mais Kavaná no kriat shema al a mitá. (mais concentração na reza antes de dormir)

68 - Zeilik (Jayme / Haim) Knop – Raanana - Após o Corona e a tragédia em Meron, tudo indica que a comunidade judaica deve preocupar-se em fazer o bem, dando força ao ietser tov (bom instinto), para combater o ietser hará (mau instinto). Cada deve procurar um ou dois itens, onde vai se dedicar, de preferência em ajudar a terceiros. Claro que sem prejudicar o crescimento individual. - Seguir o " Há yom yom " de ontem: " Rezar com cavaná. (concentração) e não de forma automática.

67 – Eduardo Segal – Rio de Janeiro - O que posso dizer é que realmente precisamos parar um pouco. Dar aquele stop para olhar um pouco mais ao nosso redor! Hoje já coloco em práticas algumas ações, não comer carne e frango que não seja kasher, colocar meu tefilin todos os dias com exceção de shabat e Yom tov, fazer caridade, estudar Torah 1 vez por semana com Rav Uderman e o seu filho, e o que vou adicionar nesse momento é kidush no Shabat. Que possamos ter somente notícias alegres! E que D’us possa abençoar todos nós! Grande Abraço! Eduardo Segal e familia.

66 – André Nechmad – Raanana - Fazer meu máximo em divulgar os shiurim que eu edito, pois para quem não sabe eu tenho dislexia, não escrevo em português e quando leio perco a linha que estou lendo, através dos shiurim da sinagoga eu estudo tora , acredito em poder levar a palavra de ‏השם, a todos que tem as mesmas dificuldades que eu passo ; como é linda e rica nossa história, nossa Tora, para mim não importa a forma a maneira que você recebe a Tora o importante é ter Hashem no coração e saber que sem ele você não tem nenhum sentido sempre terá um vazio.

65 - Miriam Diament – Raanana - Bli Neder, ler o livro de tehilim (salmos) em um mês. - Estudar halachot (leis) de Shabat

64 - Tania Fuks – Rio de Janeiro - Divulgar horário das velas de Shabat, estimulando acende-las no horário correto. - Mais atenção às pessoas necessitadas, não só financeiramente. - Olhar positivo para cada coisa que nos acontece

63 – Nathan Peres - Raanana - Pretendo pegar sobre mim criticar menos ao próximo mesmo em pensamentos pois infelizmente as vezes fazemos isso de forma automática sem perceber .... tanto em casa quanto fora. Que somente tenhamos boas notícias e que realmente não ocorram mais tristezas como estas no nosso povo.

62 - Rivka Frida Ben Amotz – Israel - Bli neder melhorar na mitsvá de Respeitar e Honrar pai e mãe

61 – Samuel Marques – Raanana - Tomo para mim de começar shiur semanal de chassidut toda quarta feira para Ilui nishmatam dos que faleceram e para Refua dos feridos de Meron.

60 – Luciene Chueke – Rio de Janeiro - Bli Neder, estudar mais Torá.

59 – Bruno – São Paulo - Estudar o livro Tania (Livro do Alter Rebe da Chassidut Chabad)

58 - Rav Ushi Waitzberg - Raanana - Bli neder, não ler notícias por 45 dias.

57 - Rav Passy - São Paulo - Melhorar a forma de se comunicar procurando a paz e o entendimento. - Buscar fazer o bem ao próximo.

56 – Paulina – Rio de Janeiro - Plantar sementes de amor para que deem bons frutos.

55 – Tania Farache - São Paulo - Resgatar a todos os judeus e judias para à Torá, às mitsvot e às sinagogas!
- Também está sempre conectado com Hashem em todos os sentidos! E rezando sempre para os outros irmãos que precisam de orações! Para saúde, parnassa, Shiduch, emprego, paz espiritual! E etc.

54 – Adélia Duek - Rio de Janeiro - Acender as velas de Shabat, dar mais atenção aos filhos, ter gratidão, procurar ser uma pessoa mais humana.

53 – Dalia – Minas Gerais - Buscar o que é justo e o que é a justiça para todos e qualquer um...fazer o bem sem ver a quem e praticar a paciência.

52 – David – São Paulo - Paz e amor a todos sem restrições

51 – Slove Tsofia - Israel - Amar a todos por igual. - Devemos nos aproximar mais de Hashem e parar com o ódio que existe entre não religiosos e religiosos.

50 - Elisa Nigri Griner - São Paulo - Não reclamar das pequenas coisas da vida e olhar para tudo com um olho bom.

49 - Marcel Berditchevsky – Israel - Contribuir no fundo de arrecadação para ajuda as 45 famílias afetadas. - Ofereço em memória aos falecidos, passeios de 4,5 horas pela unificação de Jerusalém no Dia 9/05, 8:00am, para 45 pessoas! Ponto de encontro no portão Jaffa! Confirmações dos 45 interessados por WhatsApp privado!

48 - Meyra Elia - Rio de Janeiro - Ouvir mais as pessoas, dar atenção.

47 - Silvia Diament Danciger - Rio de Janeiro - Não reclamar e criticar. - Ter gratidão sempre.

46 – Salomão Vaimberg - Rio de Janeiro - Vou procurar me concentrar com muita atenção em não falar lashon hará, julgar as pessoas favoravelmente, controlar o nosso mau instinto e recitar diariamente o salmo 45 Leilui Nishmat dos 45 Tzadikim falecidos.

45 - Efraim Schechter - Beer Sheva - Ajuda financeira para as famílias. - Estudar massechet Tamid de Mishna em memória dos falecidos Z”l.

44 – Reize T – São Paulo -Estudar sobre mashiach com as crianças.

43 – Leah Knitell - Raanana - Bli Neder diminuir o máximo possível o tempo gasto em coisas fúteis e inúteis e acrescentar mais tempo em Salmos.

42 – Larissa Sigal - Rio de Janeiro - Bli neder, influenciar 45 mulheres a acender a vela de Shabat.

41 – Jaime Amselem – São Paulo - Não falar Lashon Hará em grupo. Respeitar o próximo. - Rezar Shema de manhã e à noite. - Adorar somente a D-us e ama-lo sobre todas as coisas. - Honra pai e mãe. E os outros legítimos superiores. - Rezar Tehilim (salmos) para as pessoas com covid 19. - Estudar torá todos os dias - Respeitar ao próximo. Bli neder

40 - Israel Christof – Rio de Janeiro - Ajudar as Pessoas tanto espiritualmente como materialmente. - Sempre procurar acrescentar mitsvot, assim como kavanot. (Concentração na reza)
- Sempre dizer Hodu e agradecer Hashem por tudo.

39 - Alberto Rabinovitsch - Petach Tikva - Cuidar mais e mais para evitar a Lashon Hará, bli neder.

38 - Myriam Matz - Rio de Janeiro - Estudar mais Torá durante a semana, Vou Neder

37 - Itzchak Nigri – Raanana - Não falar lashon hara (falar mal) de outras pessoas e outros tsiburim (comunidades).

36 - Caroline Danciger – Rio de Janeiro - Rezar pelo menos uma vez ao dia e não julgar o próximo

35 - Karen Nigri – Petach Tikva - BzH me calar/falar amavelmente em situações potencialmente estressantes na rua, como filas, estacionamentos e etc.

34 - Fernando Sigal - Rio de Janeiro
- Bli Neder, colocar tefilin em 45 pessoas e incentivar a continuar colocando. - Acrescentar no estudo de Torah.

33 - Miriam Homsi - Rio de janeiro - Minha decisão é estar feliz com o que tenho e não reclamar, e não criticar e elogiar o próximo.

32 - Miriam Gdanski - Rio de Janeiro - Bli Neder, estudar mais Torah na semana.

31 - Melany Magid - São Paulo - Ter mais Hacarat hatov (Gratidão e reconhecer o bem) e não reclamar.

30 - Alexandra Kelner - Givat Shmuel - Minha decisão é não criticar e elogiar o próximo.

29 - Michelle Levitan Papelbaum - Raanana - Gostaria de contribuir para o Fundo das Famílias Vítimas da Catástrofe em Meron.

28 - Refaela Tempel – Raanana - Estudar chassidut pelo menos 5 minutos por dia, bli neder.

27 - Ramon Nehmad - Raanana - Elogiar o próximo um pouco mais

26 – Jane Schvartzer – Israel - Estudar a Tora, dar mais atenção aos filhos, rezar pelo menos uma vez ao dia com mais afinco e respeitar o próximo como a nós mesmos. - Ler os TEHILIM (salmos) todo dia!

25 – Jo-Ann Esquenazi – Rio de Janeiro - Ajudar pessoas necessitadas e não criticar.

24 – Marcelo Dangot - Raanana - Contribuição para o Fundo das Famílias Vítimas da Catástrofe em Meron. Que tenhamos somente boas notícias.

23 - Felipe Bari – Jerusalém - Acrescentar na conversa pessoal com Hashem ao final da reza da Amidá pedidos de avanço em teshuvá e nas midot de Am Israel

22 – Sara Neuman – Rio de Janeiro - BzH aumentar em estudo da Torah - Parabéns por essa iniciativa. Me ajudou a refletir sobre o que realmente significa amar o próximo. Vou tentar melhorar nesse aspecto e aumentar o estudo.

21 - Sophia Rosenberg - Raanana - Minha decisão é dar mais atenção aos filhos e respeitar e cuidar do shalom bait. Bli neder

20 - Clara Chalom – Israel - Minha decisão é estar feliz com o que tenho. - - Também elogiar as pessoas sempre olhando o seu lado positivo.

19 - Sandrinha Magid – Yerushalaim - Falar com meus pais mais vezes por semana, mandar mensagens, áudios e fotos da gente, toda semana, bli neder

18 – Shimon Kamenezky - São Paulo - Estudar Massechet Mishná de Shabat para elevação das almas dos falecidos de Meron. - Preciso mostrar aos outros mais sorriso.
17 - Carol Abadi - Ra’anana - B”H rezar todos os dias com mais Kavaná (concentração) e conseguir ajudar um necessitado.

16 – Ricardo Caster - Raanana - BzH aumentar em estudo da Torah

15 - Rav Yaacov Zilberman - Raanana - Bli neder - fazer birkat hamazon dentro do sidur.

14 - Miriam Katz – São Paulo - julgar os outros mais favoravelmente

13 - Adélia Diament – Rio de Janeiro - Ajudar ao próximo, não julgar ninguém e estudar mais Torá.

12 - Ivone Goristein - Raanana - Estudar um pouco de Tora por semana.

11 - Sara Malka Diament - Jerusalém - Estudar e fortificar a emuná (fé em D’us)

10 - Martin Teitelbaum - Raanana - não discutir com ninguém, não julgar e tentar entender a opinião daqueles que pensam diferente de mim.

9 - Eliahu Shammah - Raanana - Farei cavaná (concentração) na brachá de refaenu para todos as pessoas que precisam de cura e q muitas vezes nem sabemos.

8 - Rosana Rubinstain - Curitiba - Não julgar os outros e ajudar mais quem precisa, Bli neder.

7 - Claudia Diament – Raanana - julgar a todos favoravelmente. - Estudar leis de lashon hará.

6 - Alexandre Diament - Raanana - Procurar ser uma pessoa mais humana fazendo mais atos de bondades na prática com pessoas que precisam.

5 - Simon Knittel – Raanana - Aumentar o cuidado com a Lashon, não criticar e elogiar mais. - Aumentar em tsedaká.

4 - Richard Vinic – Raanana
- Evitar julgar as pessoas. - Ajudar mais quem precisa.

3 - Monique -São Paulo - Fazer a brachá de al hamechiá lendo de um birkon.

2 - Eliahu Nigri - Petach Tikva - Pensar mais no próximo e aumentar as atividades voluntárias.

1 - Marcel David Iglicky – Rio de Janeiro - Ajudar a quem necessita. - Olhar pelo lado positivo.

 

 

 


Citar (Quote)
Compartilhar:

 

Inscrição nos Fóruns:

Não nos responsabilizamos pelo conteúdo nos fóruns.

No momento, os fóruns foram criados para as kehilot (comunidades) que já participavam dos grupos Sandrinha.

O fórum é um lugar para trocar ideias, ajudar e conversar sobre diversos assuntos conforme a categoria escolhida, com muita união e respeito.

Em caso de discussões que saiam de proporção e incomodem a maioria dos participantes, será enviado um aviso prévio de alerta. Caso ainda haja algum problema a pessoa será bloqueada.