Dia de apoio aos feridos de guerra

“Olá Sivan, aqui está Aharon Karov. Fui o mais grave ferido na Operação Chumbo Fundido em Gaza, há 13 anos. Hoje, 17 Kislev, é o dia oficial de honra para os feridos nas guerras e hostilidades contra Israel. Pessoalmente ganho força neste dia porque trato do assunto 365 dias por ano, e aqui é um dia em que mais pessoas prestam atenção na gente. Descobri que neste dia é possível receber forças do público. Não sou apenas uma pessoa pequena, ainda faço reabilitação e fisioterapia, faço parte de uma grande história.
Depois que fui fatalmente ferido, passei por muitas cirurgias. Não vou esquecer as crianças que paravam na rua e me olhavam fixamente, por causa da minha aparência. Mas em certo sentido, talvez seja mais fácil porque muitos dos feridos não são vistos. Feridos de trauma, feridos transparentes, que anos depois que já esquecemos do incidente ou do atentado que sofreram, eles não esquecem em cada minuto de suas vidas. E eles estavam lá em nosso nome, por nós.
Esta é uma oportunidade de prestar atenção em alguém que carrega algo invisível. Pessoas para quem a guerra acabou, mas a batalha continua dia após dia e também à noite. Eles estavam lá em nosso nome, por nós.
Na Parasha desta semana, lemos que Yaakov luta a noite toda, se machuca e se torna manco. Mas então, quando chega a manhã e o sol nasce, ele continua seu caminho. Este é o nosso desafio”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *