Eliminando o chametz / A Nota Diária / Sivan Rahav-Meir:

Tradução: Gladis Berezowsky e Yeshayahu Fuks

Véspera de Pessach. Costumamos rezar quando queimamos o chametz, nessa manhã, antes da entrada do Shabat e logo no dia seguinte, de Pessach propriamente. Isso para que nos lembremos de que a queima do chametz não é apenas física. Ela simboliza a tentativa permanente de eliminar o negativo – as divisões que existem entre nós, as tensões e o nervosismo em casa na véspera de Pessach, as características que queremos corrigir. Me parece que nesse ano há muito chametz a ser eliminado. Eis um trecho da tefilá (oração), especial para esse momento:

“Que seja Sua vontade, D’s, nosso Senhor e Senhor de nossos antepassados, que tenha piedade de nós e nos salve da transgressão de ter chametz (em Pessach), qualquer chametz, nesse ano, em todos os anos, e em todos os anos de nossa vida. Da mesma forma que eliminamos o chametz da nossa casa e o queimamos, nos dê o mérito de eliminar a má inclinação de nosso meio, sempre, por toda nossa vida, e nos dê o mérito de nos apegarmos à boa inclinação e à sua Torá, e que O temamos e O amemos sempre, nós, nossos descendentes e os descendentes deles. Que assim seja Sua vontade.”

Chag Sameach!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *