Integrando a Kehila judaica do Brasil & Israel.

O site est√° em fase de implementa√ß√£o, portanto¬† est√° sujeito a constantes atualiza√ß√Ķes e melhorias.
Por favor nos comunique caso verifique algum problema de má funcionalidade. E enquanto isso, sinta-se à vontade para verificar nossa seção de notícias, avisos, empregos entre outras páginas que já estão em funcionamento.

22 Iyyar 5782 (23/05/2022)

Visitas totais 6 , Visitas hoje 1 

Seu cantinho de informa√ß√Ķes, dicas, crescimento, aprendizado e muito mais!

ūüßŅ Abbas pediu a Gantz para libertar prisioneiros de seguran√ßa do Fatah

ūüßŅ Abbas pediu a Gantz para libertar prisioneiros de seguran√ßa do Fatah

Fontes palestinas disseram que o presidente da AP, Mahmoud Abbas, solicitou a liberta√ß√£o de prisioneiros de seguran√ßa pertencentes ao partido Fatah, mantidos por Israel, durante uma reuni√£o com o ministro da Defesa, Benny Gantz, em agosto passado. As fontes disseram que o pedido n√£o foi relatado na sequ√™ncia da reuni√£o e foi apresentado por Abbas como um pedido de gesto de boa vontade. Os dois se encontraram pela segunda vez em dezembro passado, quando Gantz recebeu o Abbas em sua casa. Segundo as fontes, Abbas pediu que Israel libertasse 25 membros da organiza√ß√£o Fatah que est√£o detidos em pris√Ķes israelenses h√° d√©cadas, alguns dos quais presos antes da assinatura dos acordos de Oslo em 1993. Gantz disse a Abbas que investigaria o assunto, mas as fontes acreditam que o atual governo israelense n√£o concordaria com a libera√ß√£o. A √ļltima vez que Israel libertou prisioneiros palestinos como um gesto de boa vontade para Abbas foi em 2013. A maioria deles tamb√©m era do movimento Fatah e a liberta√ß√£o foi parte das negocia√ß√Ķes realizadas na √©poca para resolver o conflito israelense-palestino. Autoridades de alto escal√£o do minist√©rio da defesa disseram que n√£o se oporiam √† liberta√ß√£o de certos prisioneiros do Fatah que j√° cumpriram uma senten√ßa de d√©cadas. Ap√≥s suas reuni√Ķes com Abbas, Gantz disse que alguns gestos de constru√ß√£o de confian√ßa foram aprovados pelo minist√©rio em rela√ß√£o √† AP, incluindo uma transfer√™ncia acelerada de centenas de milh√Ķes de shekels em impostos e um aumento do n√ļmero de autoriza√ß√Ķes de trabalho para palestinos em Israel, bem como a aprova√ß√£o de resid√™ncia para milhares de palestinos em bases humanit√°rias na Samaria e Judeia e na Faixa de Gaza. Fonte: Hamodia

ūüßŅ Leia outras not√≠cias em nosso site: https://www.bras-il.com

ūüßŅ Jornalista respons√°vel: Marcia Cherman Sasson