Integrando a Kehila judaica do Brasil & Israel.

O site est√° em fase de implementa√ß√£o, portanto¬† est√° sujeito a constantes atualiza√ß√Ķes e melhorias.
Por favor nos comunique caso verifique algum problema de má funcionalidade. E enquanto isso, sinta-se à vontade para verificar nossa seção de notícias, avisos, empregos entre outras páginas que já estão em funcionamento.

22 Iyyar 5782 (23/05/2022)

Visitas totais 13 , Visitas hoje 1 

Seu cantinho de informa√ß√Ķes, dicas, crescimento, aprendizado e muito mais!

ūüßŅ Pais de et√≠ope morto por policial ser√£o indenizados

ūüßŅ Pais de et√≠ope morto por policial ser√£o indenizados

Cerca de dois anos e meio ap√≥s o assassinato do jovem Salomon Tekah por um policial no parque de Kiryat Haim, sua fam√≠lia chegou a um acordo com a pol√≠cia no qual receber√£o NIS 1,8 milh√£o em compensa√ß√£o. A s√ļmula est√° no contexto de uma a√ß√£o civil movida pela fam√≠lia contra o policial, mas n√£o se refere aos processos criminais que est√£o sendo conduzidos paralelamente contra o policial. O incidente ocorreu em um parque p√ļblico em Kiryat Haim. O policial, que estava no local com sua fam√≠lia, alegou em sua defesa que se sentiu amea√ßado por Tekah e seus amigos. Ele disparou de sua pistola, mas por algum motivo apontou para o ch√£o e n√£o para o ar. Tekah foi morto por uma bala que ricocheteou no asfalto. Segundo seus advogados, o policial estava no local com seus familiares, foi atacado com pedras por Tekah e outros meninos e chegou a ser ferido no incidente, antes de usar sua arma. Ap√≥s a morte de Tekah, grandes protestos ocorreram, durante os quais, ao longo dos dias, milhares de membros da comunidade et√≠ope foram √†s ruas, alegando que Tekah foi morto por ser et√≠ope. Fonte: Ynet