Integrando a Kehila judaica do Brasil & Israel.

O site ainda encontra-se em fase de implementação, portanto ele ainda está sujeito a constantes atualizações e melhorias.
Por favor nos comunique caso verifique algum problema de má funcionalidade. E enquanto isso, sinta-se à vontade para verificar nossa seção de notícias, avisos, empregos entre outras páginas que já estão em funcionamento.

26 Kislev 5782 (30/11/2021)

Interagindo a Kehila judaica brasileira do Brasil & Israel.

Seu cantinho de informações, dicas, crescimento, aprendizado e muito mais!

 6 total views,  1 views today

Seu cantinho de informações, dicas, crescimento, aprendizado e muito mais!

FAMÍLIA “HAREDI” ERA NA VERDADE DE MISSIONÁRIOS MESSIANICOS

CHOQUE EM JERUSALEM. FAMÍLIA “HAREDI” ERA NA VERDADE DE MISSIONÁRIOS MESSIANICOS. O HOMEM, MICHAEL ELKOHEN, SE APRESENTAVA COMO KOHEN E TAMBÉM SOFER (escriba de mezuzot e demais artigos religiosos) E REALIZOU ATÉ CASAMENTOS, SEGUNDO A REPORTAGEM.

“Uma conhecida família americana que mora no bairro de French Hill, em Jerusalém, foi revelada como missionária cristã, informou o jornal B’Chadrei Chareidim na manhã deste domingo.

O pai da família serviu como Sofer Stam, escrevendo mezuzot, e se identificado como Kohen, servindo até mesmo como Kohen para cerimônia dirigida a bebês primogênitos.

Os filhos da família foram matriculados nas escolas chadarim e Beit Yaakov do bairro. Na verdade, aparentemente, as pessoas começaram a suspeitar da família quando uma das crianças começou a falar sobre o cristianismo na escola.

Após uma investigação minuciosa, foi revelado que a família fez aliá para Israel dos Estados Unidos com documentos falsos. A família se estabeleceu primeiro no bairro de Nachlaot em Jerusalém, mas depois que alguém descobriu sua história, eles se mudaram para French Hill.

Eles se estabeleceram na comunidade Chareidi, mas seu objetivo de evangelizar ficou mais difícil depois que a esposa de Michael ficou gravemente doente com câncer. É claro que a comunidade (que pensava que a família era judia) se mostrou à altura na ocasião, oferecendo ajuda substancial, criando tzedaká para eles e ajudando-os de muitas outras maneiras. A mãe acabou falecendo e um fundo de tzedaká para ajudar a família arrecadou mais de US$ 30.000 e outro fundo de tzedakah arrecadou mais de NIS 52.000.

Depois que o pai foi confrontado por autoridades religiosas Judaicas, ele admitiu que seu objetivo era se integrar à comunidade Chareidi e difundir o Cristianismo.

Os investigadores mantiveram segredo até agora porque não queriam que o pai fugisse novamente para outro bairro ”, disse Yoni Kaiman, moradora de French Hill, a B’Chadrei. “Eles (os investigadores) queriam primeiro trabalhar para revogar a cidadania (de Michael e filhos).”

“Mas o pai começou a se esconder e parou de mandar suas filhas para o Beit Yaakov, então decidimos divulgar no bairro para que todos conhecessem a verdadeira história e ele não fugisse para outro bairro”.

Na manhã de domingo, o pai começou a deletar posts de seu perfil no Facebook.

“Os investigadores descobriram que, ao contrário do que a esposa disse antes de falecer, que ela era filha de sobreviventes do Holocausto, ela nasceu de pais cristãos e eles têm os documentos para provar isso”, disse Meir Eisenshtat, outro residente de French Hill. B’Chadrei.

“Felizmente, descobrimos a fraude agora, então congelamos as doações que os Kupas Tzedaka arrecadaram para sustentar a família. Estamos em choque total. “”

https://www.theyeshivaworld.com/news/headlines-breaking-stories/1967621/shock-in-jerusalem-american-chareidi-resident-of-french-hill-is-a-christian-missionary-was-cohen-and-sofer-stam.html