O que podemos aprender com o primeiro shiduch da história?

 

Tzuriel Gabizon, fundador do “Projeto 252” para aqueles que procuram a pessoa certa para casar, escreveu várias regras sobre o processo de shiduch. Essas regras são baseadas na porção da Torá dessa semana, em que Yitzchak e Rivka se encontram, se apaixonam e estabelecem um lar juntos:

* Distância não importa. Avraham disse a Eliezer: “Não tome uma esposa para meu filho das filhas dos cananeus.” Ele envia Eliezer para longe, para Charan, em busca de uma noiva adequada para Yitzchak. Se for sugerido que você encontre alguém, mesmo que a distância física entre vocês seja grande, não rejeite a oferta.

* E ela disse: “Eu também tirarei água para seus camelos.” Eliezer pede água para Rivka, e ela também traz água para seus camelos. Ela dá muito mais do que lhe é pedido. Não faça cálculos com base em “o que eu fiz por você” versus “o que você fez por mim”. Dê sem pensar no que você receberá. Surpreenda positivamente.

* “E ele disse: ‘Bendito seja HaShem, o D’us de meu mestre Avraham, que não negou sua bondade.'” D’us é o terceiro parceiro na conexão que você busca. Não pare de orar e agradecer por cada oportunidade que você tem de encontrar um parceiro em potencial. Mesmo que o encontro seja um fracasso, agradeça e tente encontrar algo bom que você aprendeu com a outra pessoa. Cada encontro malsucedido lhe aproxima de outro, bem-sucedido.

* “Agora Yitzchak estava a caminho, vindo de Be’er Lachai Ro’i.” Rashi escreve neste versículo que enquanto Avraham estava se preocupando com um shiduch (encontrar uma noiva) para Yitzchak, este estava se preocupando com um shiduch para Avraham, após a morte de Sarah. Você quer encontrar seu par? Preocupe-se em encontrar alguém para outros. “

*Conta-se de Rivka, quando ela viu Yitzchak pela primeira vez: “E ela pegou um véu e se cobriu.” A discrição faz nascer o amor. Mantenha o shiduch de maneira privada, honre e dignifique o que vocês estão tentando construir juntos. Não coloque sua vida “na janela”, nem compartilhe com pessoas estranhas nas redes sociais. Se vocês realmente se amam, não precisam da aprovação ou dos likes dos outros.

Boa sorte!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *