Quando estamos fantasiados? 

Praça Dizengoff em Tel Aviv, pouco antes de “Kol Nidrei”. Mais de 1.000 pessoas compareceram às tefilot da comunidade “Rosh Yehudi”. O Rav Assaf Tabachnik, o rabino da comunidade, disse algumas palavras ao grande e diversificado público:

“Há uma história famosa sobre um chassid que depois de muito tempo parou repentinamente de visitar seu Rebe, na época dos feriados judaicos. Quando questionado, ele explicou: ‘Durante todo o ano não ajo como um chassid, estou completamente desconectado e, de repente, nos feriados eu tenho que ‘fingir’ e me ‘fantasiar’? “O Rebe respondeu:” Pelo contrário. O ano todo você está fantasiado, não é você mesmo. Quando você vem até nós nas festas – você é verdadeiro! É verdade, na maioria dos dias do ano você está longe. Mas não é uma questão de quantidade, mas de essência. Quando você está aqui – é quem você realmente é.”

“Agora olhe para nós, para os muitos que estão por aqui: pessoas de todos os estilos e setores da sociedade, que preenchem a praça para ficarem juntas e orarem juntas no dia santo. O ano todo ouvimos falar de desentendimentos, de extremistas, de alienação, mas acontece que o ano todo é apenas uma fantasia. Yom Kipur revela quem realmente somos “E somos melhores e mais próximos do que pensamos. Não devemos confundir a fantasia com a essência. Yom Kipur nos lembra quem realmente somos e como podemos parecer o resto do ano também.”

E então começamos “Kol Nidrei”. Feliz Ano Novo!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *