Shabat em Tel Aviv

Israel Zeira e sua esposa Moriah se mudaram para Tel Aviv há alguns anos e fundaram a comunidade “Rosh Yehudi” para jovens profissionais. Tivemos o privilégio de estar lá para o Shabat. Entre minhas experiências e impressões foram as seguintes:

• Kabbalat Shabat na Praça Dizengoff. Ao lado da famosa fonte, vimos centenas de pessoas com roupas festivas de Shabat, incluindo alguns cantando e dançando que passaram por ali. Quando expressei surpresa com a multidão incomumente grande e diversa, disseram-me que no Yom Kippur mais de 1.000 pessoas rezaram ali. “Mesmo na cidade que nunca pára, é necessária uma pausa”, disse Moriah.
• A janta do Shabat continuou até as três da manhã. A refeição do dia de Shabat continuou até as cinco da tarde. Havia dezenas de convidados e rodada após rodada de apresentações foram feitas, juntamente com discussões muito pessoais, e eu não pude deixar de notar como todos estavam se divertindo sentados juntos novamente. Quando aqueles à mesa começaram a compartilhar o que aconteceu com eles durante o ano da corona, de repente entendi que todos nós carregamos um fardo em nossas almas. Cada um de nós experimentou coisas que simplesmente não eram normais. Uma jovem sentada ao meu lado contou a história de como fez um Seder sozinha em seu apartamento alugado. Era apenas ela e seu cachorro. Ela disse que comentou: “Eu disse a D’us: Desde o Êxodo, você nunca viu tal Seder.”
• O mundo dos solteiros. Falei no Shabat pessoalmente com dezenas de homens e mulheres solteiros. Esse é definitivamente o problema aqui. O rabino Assaf Tabachnik falou na manhã do Shabat sobre o compromisso. “Qualquer coisa séria requer compromisso – Shabat, relacionamentos, estudo da Torá, refinamento da moral. Talvez essa analogia ajude: pense na diferença entre o aluguel e o pagamento de uma hipoteca. Pago aluguel mensalmente, mas posso receber o aviso a qualquer momento que o contrato foi cancelado. O pagamento do meu aluguel não representa um compromisso de longo prazo. Fazer um pagamento mensal da hipoteca, por outro lado, significa que estou construindo algo aqui para o longo prazo, então o dinheiro que eu pago a cada mês não desaparece. Em vez disso, ele constrói a base de uma casa que, no final das contas, será somente minha. Isso é verdade não apenas no mercado imobiliário, mas também na vida pessoal. Faz sentido buscar investimentos de longo prazo que exijam comprometimento. “

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *