Você simplesmente não conseguirá

Podemos ignorar a injustiça se fecharmos os olhos com muita força? Três palavras maravilhosas aparecem na parashá dessa semana: לֹא תוּכַל לְהִתְעַלֵּם” “Você não será capaz de ignorar.” O caso descreve um homem que vê algo perdido na rua e simplesmente não consegue continuar caminhando sem parar e devolver o objeto ao seu dono. A Torá não diz “não é bom ignorar” nem pede “por favor, não ignore”. Ela declara: “Você não pode ignorar!”. Quer dizer: nós te conhecemos, no fundo você é uma boa pessoa, quer ajudar, não pode continuar como de costume, não pode agir como se não tivesse visto, simplesmente não pode ignorar.

Nossos comentaristas explicam que essas três palavras estão relacionadas não apenas ao objeto perdido, mas a tudo o que vemos ao nosso redor. É um mandamento viver uma vida mais alerta e atenta ao meio ambiente, estar atentos ao que exige correção e onde podemos ser úteis. Não diga apenas “viva e deixe viver” ou “Deixe pra lá, o que é que eu tenho a ver com isso?”. Não somos criaturas indiferentes que apenas vivem lado a lado, temos que olhar em volta o tempo todo e perguntar: Podemos ignorar?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *